#Cultura #Destaques

Semba e Corredor do Cuanza elevados a Património Nacional

O estilo musical semba é reconhecido hoje, em Luanda, como Património Imaterial Nacional pelo Ministério da Cultura e Turismo, no âmbito do programa nacional das celebrações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, assinalado hoje.

De acordo com uma nota de imprensa do Instituto Nacional do Património Cultural, a distinção deve-se ao facto de o semba ser um género de música e dança que se destaca como sendo “um importante componente da nossa vida cultural”.

Enquanto género musical, o semba actual é resultado de um processo complexo de fusão e transposição, sobretudo da guitarra, de segmentos rítmicos diversos, assentes fundamentalmente na percussão, o elemento base das culturas africanas. Deu também origem a vários outros estilos, como o samba brasileiro.

Ainda hoje, o Ministério da Cultura e Turismo coloca na lista de Património Nacional o itinerário fluvial denominado “Corredor do Cuanza”, por ser um importante repertório da história de memórias do país.

A importância do Corredor do Kwanza, segundo os historiadores, deve-se ao facto de no passado ter sido uma região que simbolizou o intercâmbio cultural, económico e social de povos de diferentes regiões e reinos de Angola.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Aceitar