#Cultura #Destaques

Cristiano Mangovo expõe na Chase Contemporary, em Nova Iorque

O pintor angolano Cristiano Mangovo está a fazer a sua estreia nos EUA, com uma exposição individual de obras criadas numa residência artística na galeria Chase Contemporary, em Nova Iorque. Intitulada Body: Instrument and File, a exposição revela obras que exploram o corpo como um instrumento de criação e destruição, e um ficheiro (ou arquivo) de experiências vividas.

Inaugurada no passado dia 15 de Junho, a mostra está patente até 13 de Julho, segundo o site da Chase.

Ao Voz da Diáspora, Mangovo explica que o corpo, humano e de animais, é fonte de inspiração e ao mesmo tempo objecto de produção de factos, efeitos, informações e arquivos.

Nascido em Cacongo, Cabinda, Angola, Cristiano Mangovo é o terceiro de sete irmãos. Filho de um militar — hoje pastor evangélico — e de uma camponesa, morou com tios e foi criado desde os três anos na República Democrática do Congo como refugiado.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Aceitar